cafe-viana
ponte-maranhao
jose-ribamar

Indústria

A Indústria Viana é atualmente um dos maiores parques produtivos de Imperatriz,  possuindo uma área de 4.500 m² no coração da cidade para realizar as principais etapas de beneficiamento de café, a citar: seleção dos grãos, torrefação, moagem, aferição e controle, e envasamento.

Desde a seleção até a etapa de embalagem, a Indústria Viana utiliza equipamentos de última geração, os quais são operados por profissionais aptos a conduzir cada etapa respeitando rigorosamente as normas de qualidade que definem a excelência do Café Viana.

O empenho da Indústria Viana estende-se ainda à busca contínua por alternativas de produção sustentável em um compromisso pleno com a preservação ambiental.  Tal responsabilidade é cumprida com metodologias produtivas que visam reduzir à agressão aos ecossistemas e garantir a permanência dos recursos naturais para as gerações futuras.

E é assim que a Viana pretende prosperar pelas próximas décadas, registrando na história econômica do Maranhão um exemplo de indústria ambientalmente correta e, sobretudo, fiel aos padrões mais nobres de fabricação do café.

Café solúvel

Embora o Café Viana Solúvel possa ser preparado em curtíssimo tempo, o seu processo de fabricação é longo e criterioso para garantir que os grânulos de café atinjam os melhores índices de solubilidade sem perder suas características primárias.

Na prática funciona assim: depois de selecionados e higienizados, os grãos de café são processados em modernos torradores para, na sequência, passarem por equipamentos que fragmentam os grãos torrados, transformando-os em grânulos de alta densidade.

O processo continua na etapa de percolação, que converte os grânulos em um extrato de sólidos solúveis por meio de percoladores de alta tecnologia. Daí em diante são realizadas as etapas de concentração e secagem, que removem o excesso de água do extrato de café para, enfim, originar o delicioso Café Viana Solúvel.

Seja moído, em grãos, ou solúvel, o Café Viana é produzido com sublime padrão de qualidade para chegar à mesa do consumidor com sua essência natural preservada, de tal maneira que o aroma, o sabor e a cor permaneçam autênticos, independente do modo de preparo.

Nossa História

Com um renome consolidado no sabor, no aroma e na cor de grãos cuidadosamente selecionados ao longo de mais de 50 anos, o Café Viana tem uma bela história para contar a quem já experimentou ou queira experimentar uma xícara do autêntico sabor maranhense.

Tudo começou em 1969, quando o empresário José Ribamar da Cunha comprou a posse do Café Viana no estado de Tocantins e levou a indústria para Imperatriz, hoje considerada um dos principais polos industriais e corporativos do Maranhão. Nessa época, a visão de Ribamar Cunha era fazer o Café Viana crescer no mesmo ritmo da cidade, que havia recém começado seu progresso urbano e desenvolvimento socioeconômico.

Seis anos depois, quando as geadas de 1975 provocaram perdas nas colheitas da região sul do Brasil, Ribamar Cunha alcançou sua estabilidade empresarial vendendo para as indústrias sulistas diversas sacas de café. Desde então, a marca iniciou sua expansão com outras linhas de produtos, tanto na cidade de Imperatriz como também em várias regiões do Tocantins e parte do Pará, construindo sua notoriedade e prestígio no mercado nacional.

Há mais de meio século, o Café Viana é o predileto para a mesa de muitos maranhenses, tocantinenses e paraenses, que guardam na memória e no paladar um sabor único, encorpado e inesquecivelmente brasileiro. Seja com açúcar ou adoçante, forte ou suave, acompanhado de leite, biscoito, bolo ou pão, o Café Viana marcará os melhores momentos da sua rotina, sempre deixando um gostinho de “quero mais”.

Processo de Fabricação

O processo de fabricação do Café Viana contempla métodos especiais desde a seleção dos grãos até a embalagem final, sendo cada etapa focada em manter as nuances aromáticas e gustativas do fruto do cafeeiro.

Café Tradicional

A fabricação das versões tradicionais do Café Viana começa na seleção cuidadosa dos grãos, que seguem para a torrefação em maquinários capazes de assegurar a curva de torra adequada à retenção do aroma e das particularidades gustativas, conforme o perfil de consumo do produto.

A etapa seguinte é a moagem, um processo de fragmentação dos grãos torrados para transformá-los em um pó encorpado que, enfim, segue para o envasamento simples ou a vácuo.

Café em grãos

Atendendo os consumidores mais exigentes, que apreciam o sabor de um café sempre fresco, a Viana fabrica grãos para serem moídos no supermercado ou em casa. Esta linha de produtos também inclui uma versão elaborada especialmente para máquinas de expresso com moedor.

O processo de fabricação abrange uma seleção apurada de grãos nobres, que seguem para uma torrefação especial com controladores de temperatura. Depois de torrados, os grãos são encaminhados para repouso e perdem gás carbônico, ficando finalmente prontos para a embalagem.

Rodovia BR-010, Km 1351, 500 - Maranhão Novo
Imperatriz - MA, 65903-140

E-mail: cafeviana@cafeviana.com.br
Telefone: (99) 2101-2121
Fax: (99) 2101-2121
SAC 0800-707-4236

2016 Café Viana. Todos os direitos reservados.